quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Pensamento positivo é um movimento?

Só oiço pessoas a repetirem insistentemente nas conversas, quando elas revelam a verdade nua e crua a expressão «pensamento positivo, pensamento positivo». E penso, sim é possível porque segundo uma das autores de um blog e os seus admiradores, perante uma denuncia ou questionamento, a reacção é que isso são «pensamentos negativos, logo destruição»
Que movimento é este?

A sua mente pode ser um ímã que atrai tudo o que você mais deseja. Casas, carros, empregos. Mas será que a gente consegue ficar rico só de pensar?


«Basta ter uma atitude otimista para atrair o que deseja. Dinheiro, amor, saúde, sucesso. Tudo. Qualquer coisa pode estar ao seu alcance se você pensar positivamente, com firmeza, dizem os autores de auto-ajuda. "Aquilo em que você mais pensa ou se concentra se manifestará", garante Rhonda Byrne.Essa australiana de 52 anos alega ter desenterrado uma verdade preservada a sete chaves por sábios, filósofos, cientistas e gente de sucesso. E revelou sua descoberta no filme O Segredo, que vendeu mais de 2 milhões de cópias em dvd no mundo inteiro. O livro homônimo, lançado por ela, também virou um fenômeno de público, com 6 milhões de exemplares vendidos em apenas um ano.Byrne resume o que descobriu em frases de efeito como: "Sua realidade atual ou sua vida atual é resultado dos pensamentos que você tem". Hoje, uma legião de fãs segue seus ensinamentos.Esse mistério alardeado por Byrne não é nenhum segredo. Já faz tempo que diversos escritores têm divulgado as benesses do pensamento positivo. Um dos primeiros a falar sobre o assunto, Norman Vicent Peale, autor de O Poder do Pensamento Positivo, em 1952 já dizia: "Mude seus pensamentos e você mudará seu mundo".Hoje, a lista de livros que ensinam a usar os poderes da mente é quilométrica. Há o médico indiano Deepak Chopra (As Sete Leis Espirituais do Sucesso), o casal de videntes Esther e Jerry Hicks (Peça e Será Atendido), a palestrante motivacional Sandra Taylor (A Ciência do Sucesso), apenas para citar alguns dos mais badalados. Outro autor conhecido é o físico Amit Goswami (O Universo Consciente), cujo livro inspirou o filme Quem Somos Nós? (2005), espécie de documentário de auto-ajuda que recorre à física quântica para falar dos potenciais da mente.Em comum, todas essas teorias têm o fato de recorrer a argumentos científicos para afirmar que é possível fazer o cérebro funcionar a nosso favor e gerar resultados surpreendentes. No caso da física, especialmente da física quântica, os autores nos comparam o tempo todo com elétrons. Bastaria utilizar a técnica correta para colhermos os benefícios na saúde, trabalho e relacionamentos. É bom lembrar que, aos olhos da quase totalidade dos cientistas, essas teorias não fazem sentido nenhum.Por outro lado, a todo instante, deparamos com situações que parecem mostrar o contrário. O que dizer, por exemplo, de pessoas que parecem ter descoberto a fórmula secreta do sucesso e realmente se dão muito bem em tudo o que fazem? Ou dos otimistas a quem nada parece abalar? Ou ainda daqueles que dizem ter vencido doenças graças à atitudemental positiva? Relatos não faltam. Pois bem.Dentro deste caldeirão em que tudo parece ter o pensamento positivo como pano de fundo, você vai descobrir o que se fala a respeito, o que é fantasia, o que já foi comprovado e o que ainda permanece um mistério.»

Será que é possível estar 24 h positiva, incluindo as que se dorme?

2 comentários:

bolodechocolate disse...

Viva Anad!
Se é um movimento, move-se para onde? É (auto)móvel, ou é empurrado?
Os positivistas fazem força, fazem muuuuuuuuita força, tannnnnnnta força que até chateia uma alma móvel como a minha.
Deixe-os latir Anad. Displicentemente atire-lhes um osso de vez em quando, alguma água para se manterem hidratados, proteja-os dos elementos e... deixe-os latir.
Beijo gordo de uma magra.
Dri

Leitor disse...

COMUNIDADE DE LEITORES DA BIBLIOTECA DE S. DOMINGOS DE RANA

Blogue:

www.comolhosdeler.blogspot.com


UMA COMUNIDADE ABERTA!