quinta-feira, 22 de maio de 2008

Bela frase

(...)Para a glória estou-me marimbando. Já para o tempo, não.

Torrente Ballester

4 comentários:

Nuno R. disse...

Concordo.
Tem um desafio meu n'Obliviário.
Abraço ;)

sinhã, a. disse...

Bela, mesmo: o que faz a glória sem ele?:-)

espaço história & arte disse...

o tempo «esse grande escultor» M.Y.

tb eu tenho uma predilecção por autores de lingua castellana, FG Lorca, V Llosa e Ballester q m deu a conhecer o D. Juan mais apaixonante de todos (tive uma fixação por essa personagem e a de ballester é sem duvida a mais inquietante de todos os Don Juans idealizados pelos vários autores q já o imaginaram...)

beij

D. Maria e o Coelhinho disse...

EU ESTOU_ME MARIMBANDO PARA TUDO

EXCEPTO


PARA O MEU COELHINHO