quinta-feira, 8 de maio de 2008

Museu do Oriente abre portas a 8 de Maio




«Fundação Oriente prestes a celebrar 20.º aniversário
A data é definitiva. Será no mês dos museus e, também, no ano em que a Fundação Oriente (FO) comemora o seu 20.º aniversário: projecto com duas décadas, por várias vezes adiado por vicissitudes de localização, o Museu do Oriente abrirá as suas portas ao público a 8 de Maio. O anúncio foi feito ontem pelo presidente da FO, Carlos Monjardino, na apresentação do museu que, sedeado no Edifício Pedro Álvares Cabral, em Alcântara, dará novos usos ao antigo complexo de armazéns frigoríficos do Porto de Lisboa, projectado pelo arquitecto João Simões, em 1939.Resultado de um investimento de "25 a 30 milhões de euros" e adaptado sob projecto de Carrilho da Graça e Rui Francisco, o museu respeitará a traça original e os baixos-relevos de Barata-Feyo apostos na fachada. Terá um jardim, concebido por Gonçalo Ribeiro Telles, e o acesso, por transporte público, à zona portuária será facilitado: após negociações com a Carris, uma carreira de autocarro circulará pela faixa interior, circunstância que ajudará equipamentos culturais vizinhos como o Museu da Electricidade.

O acervo da Fundação (projecto museológico da responsabilidade de Fernando António Baptista Pereira; direcção de Natália Correia Guedes) partilhará ainda a sua casa com um conjunto de colecções externas de idêntica temática. Provenientes do Museu Machado de Castro, em Coimbra, colecções doadas ao Estado como as de Camilo Pessanha e Teixeira Gomes ficarão aqui integradas, em regime de depósito de longa duração. Em regime de empréstimo, figurarão também peças, entre outros, da Fundação da Casa de Bragança, museus Militar, de Arte Antiga e do Traje, Arqueológico do Carmo e de Antropologia da Universidade de Coimbra, bem como de privados.Actualmente classificado como Valor Concelhio, o Edifício Pedro Álvares Cabral aguarda, por pedido da Fundação ao IGESPAR, uma reclassificação como Imóvel de Interesse Público. »

5 comentários:

Cila & Di disse...

Obrigado pela visita ao meu cantinho. Gostei muito de a ter por lá. Volte sempre que quiser!
Beijo doce da Cila

M@ri@ disse...

É um prazer enorme ter como nova amiga uma vizinha!
Pelo que vi moramos perto...
Gostei do teu cantinho.
Vamos encontrar nos por aqui mais vezes...
Deixo te um beijo doce
M@ri@

sinhã, a. disse...

A não perder: a exposição e as tuas letras. :-)

Frioleiras disse...

Bem e o MNAA???

É Tudo uma pequena questão de moda...

E o que de mais bonito existe em Lisboa
está
no
MNAA...............

Acredita, euu frequento, semanalmente , um museru diferent e........
o MNAA
é o MNAA
é o Museu
verdadeiramente português,
é o Museu com todas as nossas raizes ...

não consigo deixar de gostar dele mudem os directores, mudem as formas de museologia etc etc mas, enquanto alguns dos nossos icons lá permanecerem....
o meu coração está lá........

a moda, os media fazem a moda e os media

Arion disse...

Ora aí está uma boa notícia. E gosto muito da imagem do cabeçalho, do Quai d'Orsay.