sexta-feira, 17 de julho de 2009

Ontem estive em Abrantes


Ontem estive em Abrantes numa acção de formação com monitores do Serviço Educativo do próximo Museu Ibérico. Trataram-me muito bem. Eu agora só vou a sítios onde me tratam como uma princesa senão não vale a pena, eram jovens de diversas formações e muito interessados. O responsável pelo espólio que é doutorado em Arqueologia também assistiu e gostou muito, fiquei contente, porque cada vez me vou actualizando e as acções que dou hoje nada têm a ver com o trabalho que eu realizei em anos anteriores. Vou sempre acrescentando um ponto de actualização, ou seja vou sempre aprendendo e crescendo com aqueles que formo. Sinto-me feliz, porque tenho diversificado os temas e conteúdos da formação e hoje estou apta a dar formação em qualquer área: arte, arqueologia, antropologia etc.

Hoje vou novamente visitar a minha nova neta e a Francisca claro, depois estou a preparar-me para a Rússia, parto já no dia 21 e só volto no início de Agosto. Que bom....

2 comentários:

Sertório disse...

Cara Senhora

Deixe que a informe de um lapso, caso eu tenha entendido bem o seu comentário sobre o alegado "responsável pelo espólio" em ser doutorado em Arqueologia. Se for a pessoa que reuniu as colecções - o senhor João Estrada, este é um autodidacta, e na sua vida profissional activa foi industrial do ramo corticeiro. Só se se estava a referir ao senhor Luiz Oosterbeek coordenador científico da análise da autenticidade e classificação dos artefactos que constituiem o futuro espólio desse museu polémico.

Aproveito para anexar dois links para dois blogues de Abrantes sobre as contradições instauradas a nível nacional e local da criação e instalação desse museu.

http://porabrantes.blogs.sapo.pt/

http://acordar-abrantes.blogs.sapo.pt/2842.html

Com consideração.

anad disse...

Caeo Sertório. Estava a referir-me ao Prof. Dr. Luiz Oosterbeek.
Com os meus cumprimentos.
Anad