segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Ano Novo

Recomeça….

Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…

Miguel Torga

2 comentários:

coraçãodemaçã disse...

Olá, querida Anad.
Com todas as mudanças de lugar que, julgo eu, terás feito na tua vida durante o ano transacto suponho, não sei se bem, que já não fruis escandalosamente do mesmo azul ao longe...
Tenho passado aqui muito esporadicamente, é certo, mas não te esqueci. De todo!
Porque te quero bem, venho desejar-te mais um ano pleno para os teu pés andarilhos, os quais fazem um bom conjunto com a tua alma caminheira. Incansáveis, so dois...
Beijo afectuoso.
Dri

anad disse...

Obrigada querida DRI, ando muito fula com o que me têm vindo tirar ao bolso e a não ver os corruptos presos.
Bom Ano se for possível.
Beijinhos
Anad