terça-feira, 6 de outubro de 2009

Cabras são.....






















Cada vez gosto mais do meu país, das suas paisagens deslumbrantes e cada vez gosto mais do norte, com as suas diferentes tonalidades de verde. Estive no concelho de Ponte de Lima neste fim de semana prolongado, mais propriamente em Cabração. Esta pequena freguesia minhota é o lugar onde o meu filho mais novo comprou uma pequena quinta, para passar férias e fins de semana prolongados. Este nome de Cabração tem uma razão: D. Afonso Henriques tinha ido caçar com outros nobres e quando estava a comer, na hora do descanso, viu ao longe uma nuvem de fumo, o rei logo incitou os companheiros para tirarem as suas espadas e irem à luta, pois deviam ser inimigos, só um frade ficou sentado a comer e a beber, impávido e sereno, o rei chegou pouco depois e disse a sorrir: vós fizestes bem de continuar a comer, pois cabras são. Esta expressão deu origem ao nome da freguesia.
Andei por Ponte de Lima e achei-a muito bonita e arranjada, aliás fiquei com muito boa impressão das vilas e aldeias minhotas, reveladoras de um bom poder local.
Infelizmente o meu netinho ficou com um pedaço de febre por causa dos dentes e não saiu de casa e assim não passeámos muito, só fui no domingo à aldeia do Suajo com os pais da minha nora e adorei, já lá não ia há quase trinta anos. Adorei rever os espigueiros comunitários, reveladores de uma economia aldeã e solidária e atravessar a serra de Arga.
Comprei broa de milho, bordados de Viana e um lenço de namorados. Não vou deixar de continuar a visitar o meu país, é bom senti-lo como meu.

4 comentários:

gaivota disse...

o nosso lindo pa´´is, o norte de portugal!hummmmmmmm, broa de milho, os lindos bordados de viana, pos lenços de namorados, tudo bem com a paisagem de inveja que temos!
e o teu netinho? dentinhos trazem essas coisitas...
beijinhos

O Profeta disse...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu

Onde param os teus anseios
Onde encontras a sublime calma
Nestes dias de dura tormenta
Onde aqueces a tua alma?

Voa comigo...


Mágico beijo

coraçãodemaçã disse...

Olá deambuladora consciente.
Partilho dos teus gostos e muitas vezes dos teus desgostos.
Reitero aqui: não escureças, não entonteças, não esmoreças e, por favor, não esqueças.
Beijos norteados a sul, algures pela Parede.
Dri

Multiolhares disse...

O nosso país é pequenino mas muito bonito, mas o Minho sem duvida em em beleza natural ganha a qualquer ponto do continente, apesar de eu ser apaixonada pelo mar
beijinhos