sexta-feira, 18 de março de 2011

Ama o silêncio acima de todas as coisas; ele concede-te um fruto que à língua é impossível descrever... Dentro do nosso silêncio nasce alguma coisa que nos atrai ao silêncio...

José Tolentino de Mendonça

1 comentário:

Vieira Calado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.